Agreco

10/12/2013

Agroindústrias podem ter investimentos de 4 milhões

No mês de novembro, o coordenador geral da Agreco, Volnei Luiz Heidemann, e o gestor de finanças da Cooperagreco, Adilson Maia Lunardi, foram recebidos na capital do Estado pelo presidente da Codesc, Miguel Ximenes, e pelo presidente do Badesc, João Paulo Kleinubing. Na oportunidade, apresentaram o projeto de construção, ampliação e compra de equipamentos da rede de agroindústrias das Encostas da Serra Geral, que vem sendo negociado com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social. Tal projeto, a ser financiado com recursos do próprio BNDES, prevê investimentos de aproximadamente 4 milhões de reais.

Para a liberação, é indispensável um agente financeiro interlocutor e contrapartidas dos agricultores. A reunião serviu principalmente para aproximar as instituições e para “alinhavar” a contratação da ação. Resultaram como encaminhamentos do encontro a análise pela Codesc e pelo Badesc da proposta da Agreco/CooperAgreco, um compromisso de aprofundar a troca de informações e o agendamento de um contato conjunto com o BNDES. A diretoria da Agreco continua empenhada em viabilizar o projeto e aposta na chegada em breve desses recursos.
Codesc: Companhia de Desenvolvimento de Santa Catarina
Badesc: Banco de Desenvolvimento de Santa Catarina

*Fonte: Canal SRL – texto de Volnei Luiz Heidemann e Adilson Maia Lunardi


Conteúdo relacionado: Notícias
DoDesign-s Design & Marketing